quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

REPORTAGEM







ASSISTA AQUI A REPORTAGEM DA TV GLOBO SOBRE ESSE MARAVILHOSO PRODUTO





PARA ABRIR Á REPORTAGEM EM UMA NOVA PÁGINA SEGURE A TECLA SHIFT APERTADA CLICK SOBRE O LINK.












LEIA MAIS MATÉRIA SOBRE O SHAMPOO ESPERANÇA
















SEBRAE - Rio Branco - A visão empreendedora do produtor rural Carlos Pinto, do projeto de assentamento Tarauacá, localizado a 20 quilômetros da sede daquele município acreano, levou a uma descoberta muito almejada pelos laboratórios farmacêuticos de todos os países. Por meio da mistura de sete plantas diferentes, que se desenvolvem na floresta amazônica, Carlos Pinto produz xampu que combate os efeitos da calvície. Tudo começou por acaso, há cerca de um ano. “Depois de participar de um curso sobre ervas medicinais, realizado pelo Sebrae, eu voltei para casa e resolvi fazer uns testes”. Ele concentrou seus esforços na fabricação do xampu medicinal. Antes de vender o produto, resolveu testar a eficácia em si mesmo. “Eu era careca e, depois de dois meses usando o xampu de mulateiro, começou a crescer muito cabelo. Uma junta de quatro médicos me examinou, e ficaram admirados do resultado”. A partir de então, Carlos Pinto, ostentando uma nova cabeleira, passou o ser a melhor propaganda para o seu negócio. “Em Tarauacá, não preciso provar nada, pois todos sabem que eu era careca. Então eles sabem que o xampu realmente faz crescer cabelos”. Ele começou do nada, com investimentos apenas para produzir uns poucos litros do produto. A descoberta mudou a vida do produtor rural. Antes de entrar no ramo de fabricação de cosméticos naturais, Carlos Pinto não tinha uma renda mensal certa. Hoje, vende em média 100 frascos de 300 mililitros por mês, cada um a 50,00. Carlos Pinto disse que iria aproveitar também, para buscar orientações e consultorias do Sebrae para montagem de uma fábrica de xampu e um laboratório de controle de qualidade de seu produto. “Pretendo instalar em Tarauacá para poder contribuir na geração de emprego e renda da minha cidade”. O produtor afirma ser a extração de matéria-prima uma atividade que não agride o equilíbrio do meio ambiente.


















SILVÂNIA PINHEIRO





Sr.Carlos Pinto tem recebido inúmeros telefonemas nos últimos dias de vários lugares do mundo, inclusive do Oriente Médio, onde vários moradores de Israel procuram o shampoo Esperança, a mais nova e revolucionária fórmula contra calvície. De acordo com Sr.Carlos, a fórmula do shampoo Esperança, mantida sob sigilo pelo seu inventor está sendo estudada pela Universidade de Campinas (Unicamp), um dos maiores centros de pesquisas do país. "O shampoo Esperança está revolucionando não só o Acre, mas o mundo com sua fórmula totalmente eficaz e milagrosa", disse Sr.Carlos. Preparado a base de casca de mulateiro (árvore da Amazônia) e babosa, o shampoo Esperança tem sido o alvo das maiores procuras não só das terras mais distantes, mas dos próprios acreanos. Com uma média de 50 frascos vendidos diariamente, o cosmético não é considerado apenas shampoo, mas um medicamento contra seborréia, queda de cabelo e outros problemas dermatológicos do couro cabeludo. O shampoo que começa a dar resultado entre duas a três semanas apresenta o fim da calvície com oito meses de uso. Além de ser 100% natural, é válido por seis meses e não tem contra indicações.
VEJA COMO ADQUIRIR O PRODUTO
PEDIDO MINÍMO DE 2 FRASCOSVALOR DE CADA FRASCO R$ 48,00 X2 +FRETE
PARA SABER O VALOR DO FRETE CALCULE O PESO ATE 1kl COM CEP DE ORIGEM 15050-200 SÃO JOSE DO RIO PRETO- SP.
http://www.correios.com.br/encomendas/precos/default.cfm
Formas de Pagamento e Envio

DEPOSITO EM CONTA CORRENTE

PAULO SERGIO DE OLIVEIRA
BANCO BRADESCO-Ag-2740-5 C/POUP-1003443-4
BANCO CAIXA ECONOMICA FEDERAL/LOTÉRICAS
AG- 0631 C/POP 013-00017207-6

SEDEX Á COBRAR. COM VALOR DA POSTAGEM PAGO ADIANTADOVARILOG -GOLLOG- ENCOMENDAS AREAS MAIS BARATO QUE SEDEX

COMPRE PELO TELEFONE
(17) 30169005
Tire sua dúvidas
msn on line
revenda_virtual@hotmail.com

ENTREGAMOS EM TODO O BRASIL E EXTERIOR VIA CORREIOS E VARILOG

Nenhum comentário: